TELEPNEUS: (11) 3040.6464

F1 LINE GIRLS

F1 Line Girls

As grid girls estão de volta ao F1 GP Petrobras do Brasil.
Domingo, dia 24, as garotas estiveram ao lado dos 22 carros alinhados para a largada da última corrida do Mundial de 2013. 

Em um ambiente dominado pela velocidade, somente elas para fazerem os marmanjos pisarem no freio. Alguns mecânicos e engenheiros chegam a parar os preparativos para o GP do Brasil de Fórmula 1, largam os carros ainda incompletos, só para ver o desfile das "grid girls". Depois de dois anos de ausência, as belas moças estão de volta a Interlagos e já mostram que também são estrelas em um ensaio na quarta-feira. Pilotos e carros serão os protagonistas na largada do domingo, às 14h (de Brasília), mas as moças prometem roubar a cena.

De salto alto no asfalto e vestidos curtos que realçam as curvas dos corpos, as 26 meninas estampam um largo sorriso no rosto. Mesmo que por diversas vezes o sapato machuque e exija um escondido curativo, elas têm de passar a impressão de que tudo está bem. A vida de uma "grid girl" não é fácil. Às vezes, até escalar mureta da reta de chegada entra nas obrigações. 

 

 



Grid girls estavam longe do GP do Brasil de Fórmula 1 há dois anos (Foto: Marcos Guerra)

- Já tivemos que pular o muro, com salto, de saia, mas sempre com sorriso no rosto e saltão. No dia da corrida, acordamos supercedinho, estamos aqui 5h da manhã, nós nos maquiamos e nos trocamos, fazemos o cabelo, comemos uma coisinha básica e passamos protetor solar, porque o sol pega bastante. Temos de ficar paradinhas, certinhas, esperando dar a largada. A "grid girl" precisa ter bastante atenção ao horário que os pilotos vão sair e tem que ser bem atenciosa com todo mundo - disse Alessandra Machado, que está estreando na Fórmula 1, mas já trabalhou como "grid girl" na Stock Car.

Salto alto e vestido curto é o figurino das grid girls em Interlagos (Foto: Marcos Guerra)

Recepcionar os pilotos sinalizando seus números no grid é apenas uma das funções das garotas. Cada país seleciona sua equipe de meninas - normalmente por fotos e entrevistas -, e elas precisam promover o GP em ensaios fotográficos e encontros com fãs, além de guiar os vencedores ao pódio e marcar presença em camarotes e áreas VIPs. Entre as brasileiras - todas novatas na Fórmula 1 - poucas acompanham a categoria, mas gostam de velocidade e foram atraídas pela possibilidade de conhecer celebridades.

- Bem bacana estar aqui na Fórmula 1 e trabalhar com eventos. Gosto muito desta área. É um evento que dá bastante visibilidade para todo mundo. Você fica bem visada. Eu gosto muito de Fórmula 1. A empresa em que trabalho viu meu interesse e me chamou para participar - contou Alessandra.

As belas garotas arrancaram suspiros dos marmanjos mecânicos em Interlagos. Foram poucas as cantadas, afinal, eles giram o mundo com a F-1 e estão acostumados com as "grid girls". No domingo, porém, o assédio deve ser bem maior, principalmente dos torcedores. Elas são instruídas para ignorar tudo e apenas olhar para o fundo da pista. Falar com os pilotos está fora de cogitação. 


Matéria completa:
http://globoesporte.globo.com/motor/formula-1/noticia/2013/11/de-salto-alto-e-vestidinho-grid-girls-vivem-dia-de-estrelas-em-interlagos.html

Preços e condições de pagamento válidos exclusivamente para compras efetuadas no site, não valendo necessariamente para a rede de lojas físicas.As imagens dos produtos são meramente ilustrativas.Todos os preços e condições comerciais estão sujeitos a alteração sem aviso prévio.
 
ERRATA – Em atenção à política de transparência e satisfação do consumidor, a Caçula de Pneus Com. Imp. e Exp. Ltda esclarece que nos dias 14/03/2016 e 15/03/2016, os preços de alguns pneus foram anunciados, em total equívoco e por um curto período, em valores informes decorrentes de erro de digitação. Os consumidores que adquiriram pneus nessas condições já foram contatados e esclarecidos do ocorrido. Colocamo-nos à disposição para quaisquer esclarecimentos que se fizerem necessários em todos os canais de comunicação.
1